Após atingir Bahamas, furacão Dorian segue em direção à costa dos EUA


 Após atingir as Bahamas com ventos de quase 300 km/h e provocando chuvas torrenciais, o furacão Dorian se aproxima lentamente da costa sudeste dos Estados Unidos. O Centro Nacional de Furacões (NHC) estima que a tempestade passará "perigosamente perto" da costa da Flórida entre a noite desta segunda-feira (2) e a madrugada de terça-feira (3).

 

Após vários dias de incerteza sobre a trajetória de Dorian, é possível que o olho do furacão não chegue ao continente americano, mas ainda é difícil prever qual será o impacto na costa da Flórida.

 

No domingo, estados da Flórida, Geórgia e Carolina do Sul declararam estado de emergência e ordenaram que moradores da costa deixem suas casas.

 

Na Flórida, a medida atingiu Palm Beach e o condado de Martin. Na Geórgia, seis condados foram atingidos. Já na Carolina do Sul, 800 mil pessoas foram orientadas a se deslocar.

 

Dorian se desloca lentamente, a apenas 7 km/h, o que indica um potencial de dano maior, já que os ventos fortes permanecem sobre a região por mais tempo.

 

Em Washington, o presidente Donald Trump se reuniu com os diretores de gestão de emergências e disse que "isto parece monstruoso".

 

"Esperamos que boa parte da costa leste receba o impacto ou parte do impacto de forma muito, muito severa", disse o mandatário, que cancelou a viagem à Polônia no fim de semana para monitorar a situação.

 

Informações: G1

Foto: Reprodução/Globonews