Governo contrata estudo para levar ramal da Ferroeste até Foz


 O Governo do Paraná, através da Secretaria de Infraestrutura e Logística, deu o primeiro passo para elaboração de um estudo ferroviário que contemplará 1.280 quilômetros, dentro do projeto do ramal ferroviário de Cascavel e Foz do Iguaçu e da nova ferrovia Paranaguá a Maracaju, no Mato Grosso do Sul.


O aviso de manifestação de interesse de empresas nacionais e internacionais para contratação dos serviços de elaboração dos estudos de Viabilidade Técnica, Econômica, Ambiental e Jurídica foi publicado no diário oficial da União na edição da última quinta-feira, 26.


“É o primeiro e grande passo do Governo do Paraná para fazer o estudo da nova ferrovia, o que se consolida como o maior estudo ferroviário do Brasil”, explica o secretário da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex. “É preciso facilitar o escoamento da produção agrícola do Centro-Oeste brasileiro pelo Porto de Paranaguá”, completa.


O Estado, através do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), firmou contrato de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transporte do Paraná. Parte de recurso, R$ 6 milhões, será usada para contratação do EVTEA-J. Caberá ao DER gerir este recurso.

 
Informações: GDia