Bolsonaro embarca hoje para primeira viagem oficial à Índia


 O presidente Jair Bolsonaro embarca na manhã desta quinta-feira (22) para sua primeira viagem oficial à Índia. No país, ele participará das comemorações pelo Dia da República e terá encontros com empresários e líderes políticos, entre os quais o primeiro-ministro Narendra Modi e o presidente Ram Nath Kovind.

 

Convidado de honra do governo indiano para os festejos da República no domingo (26), em Nova Déli, Bolsonaro também deverá ir a Agra para conhecer o Taj Mahal, um dos principais pontos turísticos do país.

 

O embarque estava programado para às 8h desta quinta, na base aérea de Brasília. A agenda oficial do Palácio do Planalto prevê escalas em Luanda (Angola) e Nairóbi (Quênia) antes da chegada a Nova Déli, na sexta (24).

 

Antes do embarque, Bolsonaro falou sobre a expectativa para a viagem durante uma rápida entrevista na saída do Palácio da Alvorada. O presidente declarou que o Brasil gostaria de ver a Índia utilizar mais etanol em seus combustíveis.

 

“É um grande interesse nosso é que eles usem mais etanol no combustível deles, que daí, entre a lei da oferta e da procura, eles produzem menos açúcar e ajuda a equilibrar o mercado”, disse Bolsonaro.

 

Os compromissos oficiais só começam no sábado (25), e o desembarque em Brasília está marcado para a terça-feira (28).

 

No sábado, Bolsonaro se reúne com os três principais líderes de Estado e governo da Índia. Há previsão de reunião com o primeiro-ministro Modi e com o presidente Kovind, que deve ser acompanhado pelo vice Venkaiah Naidu.

 

Segundo o Itamaraty, Brasil e Índia estabeleceram relações diplomáticas em 1948 – um ano após a Índia declarar independência em relação ao Reino Unido. Os ex-presidentes Michel Temer, Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique fizeram visitas ao país durante seus mandatos.

 
Informações: G1                  
Foto: Alan Santos/PR